Macarronada sem glúten

5 maio

O que fazer pra almoçar? Algo que não suje tudo na cozinha, que não exija muitos pulos pra cá e pra lá. Algo que não fosse sopa – que estou comendo desde sábado. Algo que não tenha leite; que não tenho gordura demais; que não seja ácido demais; que não precise de muito tempero ou vinagre, limão, etc; que não seja de difícil digestão…  Ufa!

Pensando em tudo isso, vi um lindo prato de macarronada à bolonhesa no programa Bem Estar da Globo.  Além de lindo, ainda disseram que é bem saudável se acompanhado de uma salada, que no caso era de rúcula.

Bom… molho vermelho eu não posso por enquanto. Rúcula não tinha em casa. Nem carne moída. Eu tinha um espagueti sem glúten, proteína texturizada de soja (PTS) e brócolis! Boa saída, né?

Já faz um tempo que tinha comprado o macarrão sem glúten só para ver qual é. Se fosse gostoso, para que ficar comendo o comum, não é mesmo? E acabei me esquecendo dele no armário.  E é bem gostoso, viu? É super igual a qualquer macarrão, só que com o gosto mais suave. Achei bem levinho e caiu super bem no estômago (o que é muito importante na minha vida atualmente).

Molho

O “molho” fiz com a PTS e brócolis. Deixei a proteína de molho na água fria por mais ou menos meia hora (estava no telefone e acabei  me esquecendo da vida). Depois escorri, lavei novamente e espremi para tirar o excesso de água. Refoguei 1 dente de alho picadinho com ¼ de cebola picadinha. Deixei cozinhando por bem pouco tempo.

Fiz o branqueamento no brócolis, congelei a maior parte e separei alguns buquês para o macarrão. Acrescentei na proteína de soja, coloquei um pouco de sal e azeite extra virgem (que estou muito fina ultimamente, minha gente!).

Finalização

Depois de escorrer o macarrão, misturei com o molho e deixei mais um tempinho no fogo para pegar o gostinho. Hoje – me esbaldei e – coloquei um pouco mais de azeite (1 colher de sopa) depois do macarrão pronto e um punhado generoso de cebolinha verde picada. E voilá!!!

Claaaaro que um molho bem suculento de tomate daria outro estilo na proteína de soja, maaas uma refeição mais suave é o que me cabe desse latifúndio!

Ficou bem gostoso, levinho, saboroso e caiu super bem. Será que foi a falta do glúten???

Espero que gostem da dica. E se fizerem em casa, acho que um tomatinho picado em cubos colocados no final da preparação – pra que ele não cozinhe demais – deve dar um toque mais que especial na macarronada.

Bom apetite!

Anúncios

3 Respostas to “Macarronada sem glúten”

  1. Joice 22/05/2013 às 05:08 #

    Parece estar uma delícia. Vou tentar achar esse macarrão, pois descobri que sou intolerante à lactose. Ó vida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: