Será que é tão difícil?

11 maio

Sempre penso com muita tristeza em como simples problemas de saúde são tão difíceis de ser diagnosticados. Não sei até que ponto é responsabilidade dos médicos . Na verdade, da falta de envolvimento e interesse – e quem sabe, até de preparo – deles. Ou a responsabilidade seria também do paciente que acaba não sabendo explicar o que realmente está sentindo… No meu caso, acho que foi uma mescla dos dois problemas. Alguns profissionais não me passaram confiança e acabei não seguindo o tratamento passado. Outros subestimaram meus sintomas ou não conseguiram detectar coisas simples como a Intolerância à Lactose.

Antes de  vomitar ao me esbaldar numa festa de aniversário, todos os médicos diziam que eu não tinha nada físico, que todos os meus problemas eram psicológicos. Precisei perder quase dez quilos, ficar praticamente sem comer e sofrer muito para só depois encontrar um gastro sério que está conseguindo me ajudar.

Antes de tudo isso, passei por vários médicos, numa jornada de quase um ano de várias consultas médicas e piora dos sintomas. Um dos gastros –  conhecido cirurgião gástrico de Florianópolis – teve a coragem de dizer que eu devia apenas parar de comer queijo derretido. Isso mesmo!!! Só o queijo derretido me faria mal. Nessa ocasião eu já tinha feito o exame de sangue que diagnostica a Intolerância à Lactose e o resultado era claro: eu tinha a intolerância. E antes que vocês perguntem, sim, eu mostrei o resultado para ele.

Mas o médico insistiu em dizer que eu estava “só” estressada. “Você é jornalista? Então esse é seu problema”. E quando pedi mais explicações sobre meu problema, ele falou com toda falta de paciência e grosseria: Ah! Você é do tipo hipocondríaca? Então tá bom, te explico. Você tem Síndrome do Intestino Irritável. É só você cortar o queijo derretido e os condimentos (mostarda, catchup e afins) e você vai ficar bem.

Foi depois dessa consulta que cai na besteira de achar que deveria acreditar nos médicos e achar que eu não tinha nada físico. No próximo fim de semana, fui numa festa de aniversário e aproveitei, né? Comi queijo, patês, tomei champanhe, refrigerante, bolo, salgadinhos… Acabei a noite no banheiro vomitando como nunca! E não, eu não bebi demais! Pra falar a verdade não fiquei nem alegrinha! Muito menos bêbada!

Depois disso fui num novo gastro. E quanta diferença no atendimento, minha gente! Educação, respeito, paciência e longas explicações. O médico pediu uma endoscopia, sugeriu que eu cortasse os leites e derivados, procurasse uma nutricionista, começasse a fazer exercícios físicos e psicoterapia. Desde então, sei o que tenho: Gastrite, Esofagite causada por Refluxo Gástrico, Intolerância a Lactose e Síndrome do Intestino Irritável. Sei também que são todos problemas físicos. Com origem emocional e agravamento das crises também relacionado com o lado psicológico. Mas sei que não sou uma louca total, hipocondríaca que quer ser a doente do pedaço!

Ainda vou fazer posts explicando um pouco que é cada um desses problemas, sintomas e tal. Precisamos ajudar esses pobres médicos a conseguirem diagnosticar nossas doenças, né?! Afinal, deve ser bem difícil mesmo…

Anúncios

7 Respostas to “Será que é tão difícil?”

  1. eneida 11/05/2011 às 12:50 #

    achar um bom medico eh tarefa dificil… eu tive um ginecologista olhar pra minha cara depois de eu dizer o que estava sentindo e me dizer que eu provavelmente estava com um tumor no cerebro….

    • Josi Abreu 13/08/2013 às 14:27 #

      Nossa, achei alguém que se identifica comigo! kkk Blogueira e taxada de hipocondríaca descobri uma esofagite ( ô negócio chato e incurável =/) E 1 mês depois de colonoscopia normal começar a ter fezes amolecidas e dor pélvica .. Adivinha, apenas 1 mês depois queriam que eu fizesse outro exame agradável como é a nossa querida colonoscopia! Tenho certeza quem tenho Síndrome do intestino irritável mas nenhum médico se arrisca e assim eu sigo alternando entre diarréia e enjôos …

      • Sabrina Carozzi 27/05/2014 às 17:49 #

        Fase difícil, Josi! Estou bem melhor hoje em dia: terapia com psicólogo, psiquiatra e antidepressivo! Além de dieta saudável e exercícios! Acho que é o caminho, viu?!

  2. Soraia 06/06/2012 às 09:38 #

    Me identifiquei bastante com o seu depoimento pois estou passando pelos mesmos problemas que você. Em julho do ano passado (2011), procurei uma nutricionista para ganho de massa muscular pois estava me sentindo muito magra. Comecei a musculação, passei a usar o suplemento Whey protein e uma alimentação rica em proteínas do leite. No final de janeiro (2012), sem resultado nenhum de ganho de massa muscular, comecei a sentir dores nas articulações que de início pensei serem dores musculares devido a grande carga na musculação. Depois as dores ficaram piores e então tive que abandonar o treino. Em fevereiro veio a primeira crise de diarréia (por apenas um dia); passaram-se dois meses veio a segunda que também durou um dia. No dia das mães (13 de maio) comi muito chocolate e dois dias depois tive a terceira crise de diarréia que dura até hoje (6 de junho). Fiz o teste de intolerância na segunda feira (04/06) e passei muito mal. Muita diarréia, enxaqueca e dores articulares. O teste deu positivo e hoje vou ao médico mostrar. Fico triste pois também já passei por vários profissionais que me falaram que eu precisava de terapia pois sou muito nervosa. E quem não fica nervosa com uma diarréia crônica!? Fiz até o teste de HIV pois fiquei pensando mil e uma besteiras.

    • Sabrina Carozzi 27/05/2014 às 18:01 #

      Nossa, Soraia! Que barra!
      Olha… eu melhorei bastante e hoje em dia voltei a comer de tudo. E fiz terapia com psicólogos e psiquiatras! Dieta balanceada e muito exercício!

  3. marcelo 21/11/2012 às 19:25 #

    Realmente e complicado para nos que temos esta doenca, pois, eu sofro de Esofagite Erosiva do Grau B de Los Angeles…Amigos acham que e estou com problemas psicologicos e que sou eu que tenho pensamentos negativos e atraio os sintomas que a ela nos tras…kkk…e para dar risadas…Os profissionais ainda sim so sabem nos medicar Ranitidina, hidroxido de Aluminium e nosso amiguinho Omeprazol…Os “Profssionais da Saude” sem querer generalizar e tachar todos como insuficientes ao poder esta na area em atuacao, complicado! A doenca e tao complicada que da sintomas de quem tem pedra nos rins, sente aceleracao no coracao, falta de ar como se fosse um asmatico, mudanca repentina de voz para ronquidao, a lactose e nossa inimiga mesmo, ainda sim nao contente ela nos deixa com sondrome de panico por lugares fechados, nos limita muito, retorno da alimentacao com gordura pois o mesmo ingerido no almoco volta no horario do jantar, fazendo um filtro de tudo que nao podemos ingerir tais como gorduras, alimentos pesados indigestos, entre outros que param na garganta.
    Entendo perfeitamenta o que voce passa e passou nas maos desses profissionais despreparados e que se dedicam anos ao estudos para lidarem e ajudar aos que precisam de suas habilidades. Acredito que logo teremos melhoras nesta parte da medicina e que tenhamos uma solucao o quanto antes, por que e ruim viver nessas limitacoes!

    • Sabrina Carozzi 27/05/2014 às 17:59 #

      Eu melhorei muuuuito ultimamente, Marcelo! Medicação para estômago, terapia com psicólogo, psiquiatra, antidepressivo, dieta balanceada e exercícios! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: